Evite esses 4 erros ao contratar um seguro residencial

Evite esses 4 erros ao contratar um seguro residencial

Sabemos que incertezas e contratempos fazem parte do nosso dia a dia. É impossível evitá-los completamente, contudo, podemos nos preparar para possíveis incidentes. Desse modo, ao contratar um seguro residencial você adquire uma poderosa ferramenta.

Com esse tipo de seguro, você pode manter seu patrimônio protegido de fatores que venham a danificá-lo, além de preservar os bens no interior da residência. Entretanto, é importante ter atenção ao contratar esse serviço para não levar “gato por lebre”.

Tem interesse em contratar um seguro residencial? Então confira neste artigo alguns erros que você não deve cometer!

1. Escolher uma seguradora que não seja de qualidade

Todos sabem que existem muitas empresas concorrendo entre si no mercado de seguros, dando ao consumidor a vantagem da escolha, porém, dificultando a sua tomada de decisão no momento de encontrar aquela que seja, de fato, qualificada.

Diminua seu risco legal e não contrate a primeira seguradora que aparecer. Suspeite de valores muito abaixo do que é praticado e, antes de mais nada, pesquise na página da SUSEP (Superintendência de Seguros e Privados) se aquela seguradora é realmente registrada.

2. Negligenciar a realização de uma pesquisa de mercado prévia

Na disputa pelos clientes, as seguradoras criam diferenciações em seus serviços para captar a atenção dos interessados. Desse modo, depois de se certificar da idoneidade da empresa você deve analisar o seguro e comparar os custos e os benefícios do serviço.

A pesquisa pode ser feita de forma online, checando as vantagens de cada seguradora e separando aquelas que melhor atendem à sua necessidade de preço e de serviço. Assim, você estará otimizando as chances de contratar uma empresa qualificada e que atenda /ás suas expectativas.

3. Conhecer parcialmente as coberturas do seguro

Infelizmente, é bastante comum que, ao contratar um seguro residencial, as pessoas fiquem alheias a todas as coberturas que o serviço possui. Desse modo, só descobrem que determinado item não estava sob proteção do seguro quando ocorre um sinistro.

Evite essa situação desagradável e fique atento às coberturas que foram escolhidas no momento da contratação. Geralmente, aquelas contra incêndio, explosão e fumaça estão sempre presentes. Também é possível adicionar proteções complementares contra roubo, dano elétrico, vendaval, entre outros.

4. Não solicitar o auxílio de uma corretora

Ao contratar um seguro residencial, o serviço é documentado na forma de uma apólice, que contém os termos do contrato, assim como as coberturas que serão aplicadas.

Como muitas vezes é difícil interpretar as cláusulas, é interessante consultar uma corretora de seguros confiável, pois o corretor será o responsável por ler o contrato, discutir os itens e definir as coberturas que melhor se adaptem à sua residência e às suas necessidades.

Atualmente, ter cautela em relação às incertezas é fator quase que obrigatório. Tomar a decisão de contratar um seguro residencial aumenta a sua qualidade de vida e você evita o stress, pois sabe que seu patrimônio estará bem guardado.

Quer contratar um seguro, mas não quer se preocupar em ler todo o contrato e conferir todas as coberturas? Então entre em contato com conosco!

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *