Como escolher um seguro residencial?

Como escolher um seguro residencial?

Escolher um seguro residencial ainda não é algo tão usual como a escolha do seguro de carro. Em razão disso, é compreensível que o segurado se sinta um pouco inseguro e desorientado em relação a essa escolha.

Pensando nisso, preparamos este post para orientar essa decisão. O importante é o segurado não abrir mão de um seguro residencial, pois essa é a melhor forma de manter sua casa protegida. Continue a leitura do artigo e fique por dentro do assunto!

Conheça as suas necessidades

O seguro residencial oferece a cobertura básica e as coberturas adicionais. A cobertura básica, que constará necessariamente da apólice, geralmente cobre danos provocados por incêndios, raios e explosões. As coberturas adicionais, por sua vez, podem variar de acordo com a seguradora, mas podem ser contra roubos e furtos, responsabilidade civil familiar, danos elétricos, danos a terceiros e muitas outras.

Dessa forma, é preciso conhecer as necessidades da sua família e da sua casa para escolher as coberturas adicionais. Isso porque somente um seguro personalizado de acordo com a sua realidade garantirá uma proteção eficaz.

Nesse sentido, se a residência está localizada em uma área em que as inundações são frequentes nos períodos de chuva, será interessante contratar a cobertura por inundações e alagamentos.

Consulte o valor da franquia

A franquia é o valor a ser pago pelo segurado caso precise acionar a seguradora pela ocorrência de um sinistro. Por isso, é importante analisar a proposta da seguradora para, assim, escolher um valor de franquia que caiba no seu orçamento em caso de emergência.

Isso porque, ocorrendo o sinistro, o segurado pode ter a expectativa de que a seguradora cobrirá todo o dano, mas não necessariamente será assim — a cobertura acontecerá nos termos da apólice contratada.

Entenda a apólice de seguro

É fundamental entender a apólice do seguro contratado para saber exatamente o que está sendo contratado e os termos da contratação.

Por isso, fique atento aos dados contidos na apólice como dados cadastrais, relação das coberturas contratadas, dados do risco, valor das IS (Importâncias Seguradas), franquias, condições de pagamento e prazo de vigência.

Além disso, se tiver alguma dúvida, esse é o momento de saná-la. Afinal, a contratação do seguro pressupõe a concordância com os seus termos.

Procure uma corretora de seguros de confiança

Como visto, a escolha do seguro residencial requer atenção, isso tanto em relação à definição das coberturas a serem contratadas quanto aos termos da apólice. Em razão disso, contar com a assessoria de uma corretora de seguros confiável é a forma mais eficaz de escolher o seguro ideal.

Além de orientar cada cliente na escolha do seguro com as coberturas mais indicadas especificamente para ele, a corretora pode tirar todas as dúvidas que envolvem uma apólice de seguros — isso fora a assessoria no pós-venda, sobretudo na eventualidade do sinistro.

Acrescente-se a isso o fato de que a corretora contará com diferentes seguradoras, o que torna mais fácil a escolha de uma seguradora que ofereça as melhores condições de preços e coberturas ideais de acordo com a necessidade de cada cliente.

Além de todas essas facilidades, ainda é possível fazer uma simulação de seguro no site da própria corretora. Assim você não precisa nem se deslocar até uma agência para contar com um atendimento de qualidade.

Escolher um seguro residencial é essencial, mas pode se mostrar um pouco difícil se feito sem o auxílio de uma corretora de seguros.

Ficou interessado em saber mais sobre o seguro residencial? Então aproveite para entrar em contato conosco. Teremos o maior prazer em atendê-lo!

Gostou do texto?
Receba tudo no seu email! Prometemos não enviar spam!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *